Rua 13 de Novembro, 180, Sala 01 administracao@novacont-tijucas.com.br

Dúvidas? Esclareça conosco.
Segunda a Sexta das 8h às 18h

Franquias: 3 mitos que você deve superar sobre o setor

26 de fevereiro de 2024
Administradores

No Brasil, o faturamento das franquias cresceu 13,8% em 2023, chegando a R$ 240,6 bilhões

De acordo com dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF), o faturamento das franquias no Brasil cresceu 13,8% em 2023 quando comparado ao ano anterior, chegando a R$ 240,6 bilhões.

Além disso, o número de redes alcançou 3.31, o número de empregos diretos gerados atingiu 1,7 milhão e o número de operações de franquias totalizou 195,8 mil, aumentos de 7,6%, 7,1% e 7,8%, respectivamente, em relação a 2022.

Para Ab Igram e Vincent Onyemah, especialistas em franquias e co-apresentadores do podcast “Stars of Franchising”, o modelo de negócios é uma excelente saídas para empresas que procuram expandir-se, bem como para indivíduos que procuram oportunidades empresariais para criar valor econômico e social.

No entanto, não são raros os mitos sobre franquias, desde a percepção de que elas funcionam sozinhas até a visão de que não oferecem espaço para criatividade e inovação. Em artigo escrito para a Entrepreneur, Igram e Onyemah listaram os três equívocos mais comuns relacionados ao assunto e que devem ser esclarecidos.

1. A franquia pode ter sucesso no piloto automático

Uma franquia de sucesso requer muitos parceiros diferentes: franqueadores que criam uma marca e franqueados que trabalham para expandir essa marca, além de banqueiros e investidores que conseguem financiamento.

“A franquia pode abrir caminho para o crescimento por meio de uma marca e modelo operacional estabelecidos. Abrir uma nova loja é mais fácil quando você aprende com o manual de sucesso de uma empresa. Mas isso não significa que você pode sentar e tudo será resolvido. Ter um plano de condicionamento físico que produza resultados não é o mesmo que realmente praticar exercícios”, alertam os especialistas.

De acordo com eles, um franqueado que abre uma nova loja deve navegar por tudo, desde a seleção do local imobiliário e o planejamento do lançamento até a liderança, mão de obra e gerenciamento da cadeia de suprimentos, uma vez que ela esteja instalada e funcionando.

“Praticamente todos os franqueados e franqueadores com quem falamos dizem que precisavam de coragem, resiliência e uma mentalidade empreendedora para ter sucesso. A franquia é uma excelente oportunidade – mas apenas se você estiver disposto a fazer o trabalho”, afirmam.

 

2. Franqueados não são empreendedores

“As pessoas normalmente imaginam o empreendedorismo como começar do nada e dar vida a uma ideia. Mas é preciso muita criatividade para dimensionar algo que já existe”, declaram os especialistas.

De acordo com eles, a percepção de que franqueados não são empreendedores depende, em parte, da imagem do franchising como um modelo de cima para baixo. Porém, muitas franquias são laboratórios de experimentação que podem então se espalhar para o restante da marca. 

“O franchising pode oferecer o melhor de dois mundos: a oportunidade de ser empreendedor e de beneficiar do empreendedorismo de outros”, ressaltam.

 

3. As franquias não são locais e não se destinam a determinadas pessoas ou tipos de negócios

Algumas pessoas veem uma franquia como uma extensão de uma grande corporação. Segundo os especialistas, no entanto, as marcas de franquia, na maioria das vezes, são administradas por indivíduos da comunidade que buscam um caminho para a propriedade e o empreendedorismo. “Esses franqueados de propriedade e operação local criam empregos e impacto social, gerando benefícios para a comunidade”, pontuam.

“Da mesma forma, existe a percepção de que o franchising é adequado para pessoas que acumularam uma quantidade substancial de capital e procuram uma oportunidade de negócio estável. Mas a onda atual de franqueados é mais jovem e eles vêm com ideias novas para se manterem atualizados com as novas tendências”, acrescentam.

Eles enfatizam, contudo, que, assim como os jovens, as pessoas interessadas em negócios fora das marcas típicas de restaurantes, que as pessoas muitas vezes consideram franquias, não devem ignorar ignorar o franchising. 

“Embora a franquia seja um excelente modelo para a indústria alimentícia, muitas outras empresas, de academias a centros de atendimento de urgência e concessionárias de automóveis, obtiveram sucesso no modelo”, ressaltam.

 
 

Compartilhe nas redes sociais

Facebook Twitter Linkedin
Voltar para a listagem de notícias

Novacont Serviços Contábeis

Venha fazer uma parceria de Sucesso! Encontre em nossa empresa tudo o que precisa.

Redes Sociais

Conheça e siga nossos canais. Interaja, fale conosco pelos nossos perfis e saiba de todas as novidades.